Desde sua criação em 1929, o Oscar tem se consagrado como um dos maiores prêmios da indústria cinematográfica. A premiação se divide em diversas categorias, desde os tradicionais Melhor Filme e Melhor Diretor até premiações técnicas como Melhores Efeitos Visuais e Melhor Edição. E, a cada ano, a especulação começa a surgir sobre qual filme será o escolhido para levar a estatueta dourada.

O Oscar 2023 não é exceção. Embora ainda faltem alguns anos para que a premiação aconteça, já é possível começar a vislumbrar quais filmes têm as maiores chances de levar o prêmio para casa. E, entre os favoritos, há algumas produções que já estão gerando grande expectativa.

Entre elas, podemos destacar The Power of the Dog, dirigido por Jane Campion e protagonizado por Benedict Cumberbatch, Kirsten Dunst e Jesse Plemons. O filme se passa na década de 1920, em Montana, e conta a história de dois irmãos que entram em conflito após a chegada de uma mulher à fazenda da família.

Outro forte candidato é Don’t Look Up, de Adam McKay. Com um elenco de peso que inclui Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence e Meryl Streep, o filme narra a história de dois astrônomos que tentam advertir a humanidade sobre um cometa que está prestes a atingir a Terra.

Além desses, outros filmes que estão sendo cotados como possíveis favoritos ao Oscar 2023 incluem Blonde, de Andrew Dominik, que será estrelado por Ana de Armas e conta a história da famosa atriz Marilyn Monroe; e Nightmare Alley, de Guillermo del Toro, que trará um elenco de peso com nomes como Bradley Cooper, Cate Blanchett e Willem Dafoe.

O que torna um filme um forte candidato ao Oscar? Diversos fatores podem influenciar na decisão dos votantes. A qualidade da produção, a direção, o roteiro e as atuações são alguns dos pontos fundamentais para a escolha do vencedor. Além disso, a temática do filme e sua relevância cultural e social também podem ser levados em conta.

De qualquer forma, é preciso lembrar que os indicados e vencedores do Oscar não são escolhidos por uma única pessoa, mas sim por um grupo de votantes que, em sua maioria, são membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. E, como em toda decisão coletiva, podem haver divergências de opiniões e preferências.

Não há como prever com certeza quem será o escolhido para levar o prêmio do Oscar em 2023. Porém, é certo que os filmes que estão sendo cotados como favoritos já estão gerando grande expectativa entre os fãs de cinema e críticos. E, seja qual for o vencedor, o importante é que a premiação continue reconhecendo as grandes produções que marcam o mundo do cinema.